Odebrecht se aproxima de acordo para deixar de administrar o Maracanã

Empresa quer se livrar do estádio há tempos

Foto: Reprodução

Uma reunião nesta quarta-feira poderá definir os rumos do Maracanã. A Casa Civil do Estado do Rio de Janeiro conversará com os representantes da Odebrecht, que, se antes estava irredutível, agora já admite acordo para deixar de gerir o estádio.

O governo tenta convencer a empresa a desistir do pedido de indenização por prejuízos causados pelas mudanças no contrato para a reforma e concessão. A Odebrecht indica que aceitará essa proposta.

Se isso acontecer, o caminho estará livre para o lançamento do novo edital de licitação. E, assim, a empresa se livra da administração do Maraca, algo desejado pela empresa há meses.