Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras terá dois desfalques de peso para 34ª rodada, contra o Fluminense, quarta-feira, às 21h45, no Allianz Parque. O STJD julgou nesta segunda o atacante Deyverson e o técnico Luiz Felipe Scolari, e puniu ambos por episódios na vitória sobre o Ceará.

Deyverson foi suspenso por dois jogos, mas já cumpriu um automaticamente na rodada seguinte. Já o técnico Felipão foi punido com uma partida. Sendo assim, ambos não participam do duelo contra o Fluminense. O diretor de futebol Alexandre Mattos pegou gancho de 15 dias.

Contra o Ceará, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro e disputada em 21 de outubro, no Pacaembu, Deyverson acertou uma solada na barriga de Richardson aos 45 minutos do primeiro tempo e foi expulso.


Já o técnico Luiz Felipe Scolari e o diretor Alexandre Mattos, que eram reincidentes, corriam o risco de pegar, respectivamente, de uma a seis partidas e de 15 a 180 dias de suspensão. Os dois detonaram o juiz André Luiz de Freitas Castro e também o comando de arbitragem da CBF.

Por outro lado, o Palmeiras terá o retorno dos laterais Diogo Barbosa e Mayke, além do atacante Dudu, que cumpriram suspensão na rodada anterior. O goleiro Jaílson, que não viajou para Belo Horizonte por causa de dores na lombar, também pode ser relacionado para a partida.