(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O Fluminense voltou a figurar na Libertadores da América depois de longos anos amargurando a parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro. Considerado um dos responsáveis pelo bom momento do Tricolor, o diretor executivo de futebol, Paulo Angioni, foi indicado ao prêmio de melhor dirigente do país em sua área pela Conferência Nacional do Futebol (CONAFUT).

Reprodução

Um dos objetivos da CONAFUT é evidenciar as melhores práticas de gestão e incentivar os bons exemplos de profissionalismo. Dessa forma, o Prêmio CONAFUT visa eleger o(a) executivo(a) de clube que mais se destacou ao longo do ano em sua categoria, de acordo com os resultados alcançados em relação à capacidade de investimento/porte do clube.

A eleição é feita a partir de 3 candidatos indicados pelo Conselho CONAFUT, mais Júri Técnico, mais Júri Business e funciona da seguinte forma:

› 70% de poder de voto para os júris dos especialistas;

› 20% de poder de voto para os participantes CONAFUT;

› 10% de poder de voto para júri popular (aberto no site).