Peter desabafa e promete tolerância zero dentro do clube

Peter desabafa e promete tolerância zero dentro do clube

Peter Siemsen não vai abrir mão do lado direito da torcida no MaracanãEntrevistado pela Rádio Brasil, Peter Siemsen desabafou após as manifestações no aeroporto e, principalmente, na sede do Fluminense. O presidente do clube promete que atos como os que ocorreram na última terça-feira não serão mais tolerados e diz que os baderneiros são os mesmos de sempre.

– Com certeza que atrapalha. Mas não é diferente do que aconteceu no passado, do que a gente volta e meia vê no futebol brasileiro, mas é muito errado. São pessoas das quais cortamos benefícios e esperam oportunidades em um momento mais difícil para tentar destruir. É na destruição que eles querem que volte a cultura da diretoria refém. A política do clube é muitas vezes usada. São essas pessoas que intimidam familiares na arquibancada, criam confusões com movimentos de torcida do Fluminense, que cantam na vitória e na derrota. São sempre os mesmos que a gente já conhece.  Entendemos que o torcedor bom é aquele que tem paixão e entende o momento difícil. Quem não tem momento difícil na vida? O clube está sendo reconstruído de uma forma muito boa, desde a base, reestruturação financeira, construção do CT e não é um momento ruim que vai desconstruir um projeto a longo prazo. Ao torcedor de bem, precisamos dele. A administração está identificando, vai tomar providências, punições administrativas e não vamos tolerar mais esse tipo de coisa. Não será mais tolerado nenhum tipo de manifestação verbal dentro do clube. Querem manifestar, que o faça fora do clube.


Sem comentários