Foto: Photocamera
Foto: Photocamera

A postagem veemente de Fred nas redes sociais cobrando atitude da polícia e da diretoria do Fluminense foi comentada pelo presidente do clube, Peter Siemsen. Evitando criticar o atacante, diz que a ameaça de greve, colocada pelo capitão do time, não tem justificativa.

– Não conversei com o Fred, mas com outros jogadores, especialmente os que saíram primeiro do aeroporto, onde se deu o problema. Os atletas com quem eu falei estavam focados em reverter a situação no campo. Ninguém falou comigo sobre questão de greve. (Postagem do Fred) Foi uma reação excessiva no momento da postagem. Nem vou entrar em detalhes na nota na rede social, porque foi pessoal. O momento é tecnicamente difícil para o clube. O time estava jogando bem, ouvi elogios exagerados até. De repente, a coisa tomou um outro rumo – disse Peter, que continuou:

– A questão de greve nem levo em consideração. Não tem sentido. Não se justifica falar em não entrar em campo. Na área pública, temos a polícia, a segurança, na área privada, o clube protege os jogadores. A questão do aeroporto foi de logísitca. Alguns jogadores saíram na frente, em seus próprios carros, sem proteção policial, e sabiam que teriam torcedores lá.


Sem comentários