Peter lembra contrato e afirma: “Regra não pode ser aplicada”

Peter lembra contrato e afirma: “Regra não pode ser aplicada”

 (Foto: Bruno Haddad - FFC)
(Foto: Bruno Haddad – FFC)

Para beneficiar seus aliados, a Ferj estipulou que Vasco e Botafogo terão mando de campo nos clássicos contra Flamengo e Fluminense e serão os responsáveis pelo posicionamento das torcidas. O presidente tricolor, Peter Siemsen, promete estudar o caso e reforça o contrato assinado entre o clube e o Consórcio que administra o Maracanã, que prevê os torcedores do Flu sempre do lado direito das cabines de rádio e tv

– Vamos avaliar, pois temos um contrato em vigor com o estádio. Mesmo a regra fazendo essa previsão, o contrato com o estádio deve prevalecer – disse Peter, ao blog de Mauro Cézar Pereira, comentarista da ESPN Brasil.

Ir à Justiça está fora de cogitação, afinal, o mandatário do Fluminense tem certeza de que não há chance de a nova regra ser cumprida.

– Não. Não há necessidade para o Fluminense (procurar a Justiça). O contrato deve prevalecer. Acho que o problema é da federação, que inventou uma regra que não pode ser aplicada.


Sem comentários