Peter nega conflito da parte do Fluminense com Celso Barros

Peter nega conflito da parte do Fluminense com Celso Barros

Peter diz que decisão de demitir Renato não foi para afrontar o patrocinador
Peter diz que decisão de demitir Renato não foi para afrontar o patrocinador

A saída de Renato Gaúcho para a chegada de Cristóvão Borges criou desgaste entre Fluminense e Unimed. Mas Peter Siemsen afirma que da parte do clube não houve qualquer problema em relação a Celso Barros. Na visão do presidente, era importante trocar de técnico após a eliminação na semifinal do Campeonato Carioca e a derrota para o Horizonte na estreia na Copa do Brasil para o novo comandante ter tempo para trabalhar.

– Volto a dizer: em nenhum momento houve conflito da parte do Fluminense, apenas um entendimento que o trabalho iniciado em janeiro não estava alcançado os objetivos no momento que considerávamos crucial. Como havia cerca de 20 dias para um novo técnico conhecer o grupo e tentar desenvolver um trabalho diferente, o momento era aquele e não daria para esperar. Foi uma questão pontual, de maneira alguma para confrontar o patrocinador – afirmou.


Sem comentários