Peter ressalta coragem de Eduardo Baptista em assumir o Fluminense

Peter ressalta coragem de Eduardo Baptista em assumir o Fluminense

Foto: Paulo Brito/NETFLU
Foto: Paulo Brito/NETFLU

Com uma situação relativamente confortável no Sport, Eduardo Baptista aceitou o desafio de comandar o Fluminense. Peter Siemsen diz que o técnico foi corajoso e tem gostado do trabalho executado à beira do gramado.

– Primeiro dizer que ele pegou um pepino,, com derrotas e sequência e cobrança grande. Trocou uma situação confortável por um projeto de futuro com o Fluminense. Enfrentou de peito aberto com vitórias e derrotas. Agora vai ter calma para trabalhar. É um técnico trabalhador, dedicado e que conversa muito. Isso estou gostando demais. Ele conversa sobre jogador que está subindo. Pro clube, é ruim por exemplo quando o jogador da base é quinto reserva no elenco. O da base é bom que seja primeiro reserva no time. Se não, é melhor emprestar, para dar visibilidade. O seu só para completar elenco, é ruim. Esse tipo de conversa é boa com ele. Ele discute quem tem de emprestar por ainda não estar maduro. Foi raro nesses anos de comando ter um técnico que se aprofunde nesse tipo de discussão. Está disposto e acho que ele pode crescer muito com a gente – acredita o presidente tricolor.


Sem comentários