Peter Siemsen conduz negociação para repatriar Gerson

Peter Siemsen conduz negociação para repatriar Gerson

Roma pensa em atender pedido do jogador

O Fluminense vendeu, mas pode ser que volte a contar com o meia Gerson até o meio do ano. Isso porque o atleta não gostou nada de saber que poderia ser repassado para um clube pequeno da Itália ou, então, ficaria todo o primeiro semestre sem atuar. Em ano de Jogos Olímpicos, o staff do jovem pediu à Roma para emprestá-lo ao Time de Guerreiros, onde teria mais chances de aparecer.

Curiosamente, a negociação para o retorno de Gerson vem sendo conduzida pelo presidente Peter Siemsen e não pelo departamento de futebol, segundo o jornalista do Globoesporte.com, Edgard Maciel de Sá. O mandatário tricolor esteve na capital italiana na semana passada. A expectativa nas Laranjeiras é que a situação seja definida até o início de fevereiro. O Fluminense teria de arcar apenas com o salário do apoiador.