Peter Siemsen explica pedido de suplemento em contas do Fluminense

Peter Siemsen explica pedido de suplemento em contas do Fluminense

Peter Siemsen afirma ter recebido mais dinheiro na relação com o Maracanã e equilibrado a operação com o parceiro comercial (Foto: Fluminense FC)
Peter Siemsen afirma ter recebido mais dinheiro na relação com o Maracanã e equilibrado a operação com o parceiro comercial (Foto: Fluminense FC)

Questionado por parte do Conselho Deliberativo do Fluminense em virtude de um pedido de suplemento de R$ 36 milhões na operação do futebol, Peter Siemsen explicou. suas razões. Além disso, o presidente também comentou a respeito das cobranças sobre a mudança na relação com o consórcio que administra o Maracanã, fazendo o custo ser maior para o clube.

– O suplemento tem dois pontos principais ao departamento de futebol: o aumento de imagem e a captação, dois itens que eram de responsabilidade do patrocinador que saiu abruptamente. No Maracanã, nossa receita em 2014 foi de R$ 6.651.000. O custo de 3.500.000. Agora, o custo foi de 10 milhões, e o rendimento de 16 milhões. Mesmo arrumando a operação, tive o cuidado de torná-la mais equilibrada para melhorar a situação do consórcio. Não queria um parceiro comercial com prejuízo que inviabilizasse o negócio. Melhorou o equilíbrio, mas o mais importante é que o lucro do Fluminense aumentou em relação às despesas do ano anteior. O Fluminense recebeu mais dinheiro – contou.


Sem comentários