(Foto: Divulgação - FFC)

Vivendo grande fase no comando técnico do Fluminense, Fernando Diniz vem surpreendendo positivamente até quem era contra a sua volta ao clube das Laranjeiras. Com a classificação bem encaminhada às semifinais da Copa do Brasil e em terceiro no Brasileirão, o treinador tem contrato até o final do ano. E isso não deve mudar, pelo menos por enquanto.

O NETFLU apurou que a diretoria do Fluminense entende que, neste momento, o ideal é esperar o período de eleições para conversar sobre a renovação do vínculo do treinador. Procurada, a assessoria do Fluminense respondeu que não tinha a nada a dizer sobre o assunto. Diniz, vale lembrar, já teve o seu nome especulado em outros clubes como o Atlético-MG.

Enquanto os cartolas tricolores esperam para iniciar as negociações pela renovação de Diniz, o mesmo raciocínio não fora utilizado na extensão do vínculo de Yago Felipe, tampouco nas contratações de Cris Silva, William Bigode e Felipe Melo, por exemplo, que extrapolam a gestão. Internamente, comenta-se que existe uma diferença no raciocínio para os contratos de técnico (que dificilmente gera retorno financeiro ao clube) e jogador (que geralmente são ativos do clube).