(Foto: Lucas Merçon/FFC)

O Fluminense pode ter novamente problemas nos tribunais. O NETFLU apurou que o Sporting Cristal (PER) não recebeu o pagamento das parcelas referentes à compra de Pacheco, realizada no início de 2020, desde outubro do ano passado. Por isso, os peruanos ameaçam levar o caso até a Fifa. Se isso ocorrer e for condenado, o clube carioca poderá perder pontos ou, até mesmo, ser excluído de competições.

Para entender melhor, o Fluminense fez um primeiro acordo de sete parcelas de US$ 100 mil e não conseguiu honrá-lo. Em seguida, já no mês de abril de 2020, fez uma nova negociação, em 10 parcelas de US$ 70 mil dólares. Novamente, a cúpula verde, branca e grená segue não pagando em dia.

Ao todo, US$ 350 mil foram quitados, restando a mesma quantia diluída em parcelas, além dos juros previstos em contrato sigiloso.

Vale lembrar que o Fluminense havia feito o primeiro acordo temendo ser acionado na Fifa pelo Sporting Cristal. Por ora, os peruanos seguem aguardando o pagamento prometido pela gestão tricolor, mas não descartam ir até a entidade máxima do futebol para receberem.