Soccerex-Global-Convention-Maracana-ReproducaoSite_LANIMA20130913_0135_51Um dos eventos esportivos mais famosos do mundo, a Soccerex, não acontecerá mais neste ano. De acordo com o portal Lancenet, a decisão sobre a não realização da convenção global de negócios do futebol foi confirmada nesta terça-feira pelos organizadores. O evento aconteceria entre dos dias 30 de novembro e 5 de dezembro, no Maracanã.

A falta de entendimento em relação ao valor a ser pago pelo uso do estádio foi justamente um dos principais motivos pela ruptura. A iniciativa de acabar com a parceria foi do governo do estado, que era um dos principais patrocinadores desde a primeira edição no Brasil. Seria a primeira vez que a Soccerex aconteceria no Maracanã. Nos três anos anteriores, a feira ocorreu no Forte de Copacabana.

A mudança de palco foi uma sugestão do próprio governador Sérgio Cabral, em virtude da reabertura do estádio neste ano após as obras de reforma para a Copa-2014. Segundo a coluna De Prima, também ligada ao Lancenet, apurou, a conta para a Soccerex, emitida pelo Consórcio Maracanã ficou em R$ 6 milhões.

Em um comunicado emitido em inglês à imprensa europeia, a Soccerex argumenta que “o distúrbio civil” no Rio de Janeiro fez a Secretaria de Esporte e Lazer do Estado tomar a decisão política de retirar o apoio. A Soccerex ainda ressalta ter notificado o governo do Rio de que vai buscar judicialmente as compensações financeiras.

– Gostaria de me desculpar a cada empresa, clube, liga, federação e organização de mídia que tenha sido afetada por essa notícia. A única e cruel conclusão ao nosso tempo no Rio é que isso esteve completamente fora das nossas mãos. Todo mundo que compareceu à Soccerex nos últimos 18 anos sabe como fazemos negócios. Temos que olhar para 2014, para a nossa Convenção Global em Manchester – afirmou o CEO da Soccerex, Duncan Revie.


Sem comentários