Secretário-geral da Fifa é demitido por fraude em Copa no Brasil

Secretário-geral da Fifa é demitido por fraude em Copa no Brasil

Jérôme Valcke atuou em esquema para receber milhões com a venda de ingressos na Copa do Mundo no Brasil (Foto: AFP)
Jérôme Valcke atuou em esquema para receber milhões com a venda de ingressos na Copa do Mundo no Brasil (Foto: AFP)

A Fifa demitiu nesta quarta-feira Jérôme Valcke, seu ex-secretário-geral. O dirigente, que já estava afastado da entidade pelo Comitê de Ética, é acusado de várias fraudes, inclusive a venda irregular de ingressos na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Durante o Mundial, o dirigente atuou num esquema no qual recebeu milhões com a venda dos bilhetes.


Sem comentários