(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Caso não consiga terminar entre os seis primeiros colocados na tabela do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ainda pode conseguir “beliscar” uma vaga na Libertadores de 2021. A possibilidade real da abertura de um G7, ou quem sabe G8, pode ser a salvação do Tricolor visando uma oportunidade de retornar ao torneio intercontinental no ano que vem.

Para que se abra um G7, basta apenas que o América-MG não seja o campeão da Copa do Brasil. Se Grêmio, Palmeiras ou São Paulo levantarem o caneco, como os três estão no G6, uma vaga será aberta. Já a possibilidade de um G8 depende de Santos ou Palmeiras ganharem a Liberta. No caso do Santos, só valerá se o clube estiver dentro do G6. É o oitavo atualmente.

Apesar desse cenário, o Fluminense ainda precisa se manter próximo do G6. Hoje, o Time de Guerreiros está em sétimo lugar, com 40 pontos, mas é seguido de perto por Santos, Corinthians e Ceará. Os dois primeiros têm 39 e o último tem 36. Restam 11 jogos para o fim do Brasileirão e o Tricolor busca a reação após uma sequência de três jogos sem vencer.