Possível cancelamento de concessão não preocupa o Fluminense

Possível cancelamento de concessão não preocupa o Fluminense

Diretor geral do Flu, Jackson Vasconcelos
Diretor geral do Flu, Jackson Vasconcelos

O Parque Aquático Júlio Delamare e o Estádio de Atletismo Célio de Barros não serão mais demolidos. Sendo assim, o Consórcio que administra o Maracanã tem até 20 dias para se posicionar a respeito das mudanças. Fala-se na possibilidade de a privatização ser suspensa. A diretoria do Fluminense, entretanto, mostra-se serena caso hajam mudanças.

– Estamos tranquilos. Existe um contrato assinado por 35 anos e com cláusulas rígidas. Esse possível problema seria bem diferente do que aconteceu com o Engenhão, por exemplo. A cada dia estamos mais seguros de que conseguimos um bom contrato para o Fluminense – frisou o diretor geral do clube, Jackson Vasconcelos.