Preparador de goleiros do Flu revela problemas que atrapalharam Cavalieri no ano

Marquinhos conta que camisa 12 trabalhou por meses com fortes dores

Advogado não vê pré-disposição para litígio, mas também não descarta (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Jogador com história no Fluminense, Diego Cavalieri chegou a ser barrado neste ano por Abel Braga para a entrada de Júlio César no time titular. Preparador de goleiros do clube, Marquinhos revela que o camisa 12, agora de volta à equipe, chegou a ter problemas com dores que atrapalharam seu desempenho.

– Graça a Deus, ele está muito bem. Nós começamos o ano com ele bem. No primeiro jogo contra o Vasco, o Rodrigo, sem querer, pisou no pé dele. Teve uma contusão. Dali até dois meses atrás, estava sempre treinando e jogando com dor. Posso falar que destes dez meses, está apenas há dois sem dor. Treinando ele sempre esteve, mas sem dor só tem um mês e meio. Agora está confiante, sendo aquele Diego que conhecemos. Agora vai dar o que esperamos dele – disse, continuando:

– O goleiro tem de trabalhar 100% todos os dias. O Cavalieri é desses, que se não trabalhar fortemente, não se sente bem. Ele tinha essa dor no pé, depois teve uma no abdômen. Soltou um músculo que, segundo nos explicou o nosso departamento médico, é algo raríssimo. Agora está sem dor.