Bittencourt exalta chegada tricolor às oitavas de final (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Em participação no programa Seleção SporTV, do canal de TV por assinatura, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, explicou em detalhes a verdadeira saga do Tricolor para chegar até o local do jogo contra o Junior Barranquilla, remarcado para Guayaquil.

A delegação foi até Barranquilla, mas a partida acabou transferida para o Equador em virtude dos protestos contra a reforma tributária na Colômbia. Com isso, assim como contra o Santa Fe, o Time de Guerreiros teve que deslocar novamente, o que trouxe prejuízos físicos e mentais, segundo o mandatário.

– Saímos na terça-feira no Brasil em um voo fretado. Pouco antes de embarcar recebemos as notícias que os três jogos dos times argentinos que seriam na Colômbia foram adiados. Entramos em contato com a Conmebol, atrasamos nossa saída do Brasil para que pudéssemos ter um OK. A Conmebol disse que consultou as autoridades locais, que estava tudo certo para o jogo, que toda segurança seria dada à nossa delegação e decolamos às 16h com destino a Barranquilla. Chegamos por volta de 21h (horário local), jantamos e fomos dormir. Nossa delegação está fisicamente e emocionalmente desgastada. Ontem, quarta-feira, ainda teve a reunião de jogo. E às 10h30 da manhã a reunião confirmou o jogo em Barranquilla. Mas dez, 20 minutos depois da confirmação recebemos a notícia que deveríamos sair de Barranquilla e ir para outro lugar porque as autoridades colombianas não haviam garantido a segurança do jogo em razão dos protestos que continuavam na Colômbia – disse ele, complementando em seguida:

– Nossa previsão de volta é sair de Guayaquil 1h30, voltar para Barranquilla, chegar lá quase 4h e decolar 5h30, chegando ao Brasil praticamente às 14h (horário de Brasília) de sexta-feira, para jogar a semifinal do Campeonato Carioca no domingo. O que estamos tentando é que o avião que fretamos e está parado em Barranquilla possa vir nos buscar em Guayaquil e nos levar ao Brasil novamente. Se isso não acontecer, nossa viagem de volta baterá entre 13h e 14h no total entre voo e aeroporto. Se conseguirmos que o avião nos busque em Guayaquil, reduziremos para uma viagem de 7h. É o que estamos tentando – finalizou.