Presidente do Bota ameniza tom com o Flu, mas não com o...

Presidente do Bota ameniza tom com o Flu, mas não com o Fla

Presidente do Botafogo diz que volta do Fluminense ao convívio no Rio seria importante
Presidente do Botafogo diz que volta do Fluminense ao convívio no Rio seria importante

Se Fluminense e Flamengo vão em uma direção e a Federação do Rio de Janeiro (Ferj) e aliados em outro, Carlos Eduardo Pereira entende que isso deveria mudar. O presidente do Botafogo adota até um tom conciliatório em relação ao Tricolor, mas não faz o mesmo com o clube da Gávea. Na visão do mandatário alvinegro, o Rubro-Negro sempre pensa unicamente em seu lado.

– Eu vejo com certa tristeza, porque fundamentalmente o que tem nesses casos são problemas de questões pessoais. Um que não fala com o outro, que não estende a mão para aquele e não senta na mesa do outro… Acho que seria importante o Fluminense voltar ao convívio. Em relação à Liga já está estranho. O presidente Gilvan do Cruzeiro já se afastou, o do Fluminense já se mostra preocupado. O que querem é manter uma grande diferença de cota, depois elegem co-presidente, o que é complicado. As portas estão abertas para o Fluminense e queremos muito que o Fluminense volte ao convívio. Com o Flamengo é mais complicado, pois querem sempre ganhar muito mais do que os outros e quando se fala em um bem coletivo nunca querem conversar. Não abrem mão. O Campeonato Carioca e os outros são produtos com princípio, meio e fim. Isso é importante para o torcedor. Na Liga, jogam clubes da Série A, da B, não tem critério. O torcedor não sabe se ganhar o que acarreta, se perder não tem preocupação com um possível rebaixamento. Ou seja, não tem critério – comentou.


Sem comentários