Presidente do Flamengo detona nova medida arbitrária da Ferj

Presidente do Flamengo detona nova medida arbitrária da Ferj

Bandeira de Mello diz que Flamengo não fará insanidade
Bandeira de Mello diz que Flamengo não fará insanidade

A guerra de bastidores que coloca Fluminense e Flamengo de um lado e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) do outro ganhou novos enfrentamentos. Na última reunião do Conselho Arbitral, a entidade aprovou artigo que tira dos clubes que não colocarem a equipe principal no Carioca as cotas de TV, num recado claro à dupla Fla-Flu, cogitando tal prática para priorizar a Primeira Liga. O presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, disparou contra nova medida arbitrária.

– O que a Ferj aprovou recentemente é mais uma irresponsabilidade, algo que se tornou comum. É da mesma linha da lei da mordaça, do tabelamento de preços, da introdução da meia-entrada universal… Essa coisa de avançar nas receitas que pertencem ao Flamengo é mais uma aventura irresponsável e que não vai prosperar. A torcida pode ficar tranquila. Estamos rompidos, mas o Flamengo não cometerá qualquer tipo de insanidade – disse.


Sem comentários