Presidente do Fluminense pode ser punido por até 725 dias

Presidente do Fluminense pode ser punido por até 725 dias

2

Entrevistado pela Rádio Tupi, André Valentim, procurador do TJD/RJ, revelou que a pena de Peter Siemsen, denunciado por críticas à Ferj, pode chegar a até 725 dias de punição. O presidente do Fluminense corre o risco de ficar afastado de qualquer competição que o clube disputar.

– Esse artigo 258 seria somente de um a seis jogos. Porém, como é pessoa natural, que não está envolvida diretamente à competição, a punição pode ir de 15 até 725 dias, dependendo das gravidades dos fatos. Se fosse punido por partida, que não será o caso dele, seria somente no Campeonato Carioca. Mas se o presidente for punido por prazo, que é o que ele vai ser denunciado, ele corre o risco de ficar afastado do Campeonato Brasileiro e de qualquer outra competição que o Fluminense disputar – explicou Valentim.


Sem comentários