Presidente do Madureira não abre mão do mando de campo contra o Fluminense
Presidente do Madureira não abre mão do mando de campo contra o Fluminense

Não é só o Campeonato Brasileiro que tem confusão. A primeira rodada do Campeonato Carioca já deve ter uma polêmica. Apesar da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) ter marcado o confronto entre Madureira e Fluminense para Moça Bonita, o presidente do Tricolor suburbano, Elias Duba, recusa-se a realizar a partida em Bangu. Segundo ele, será em Conselheiro Galvão.

Duba afirma ter laudos e documentos das entidades responsáveis garantindo o seu estádio em condições de receber jogos e não abre mão do mando de campo.

– Não vou perder mando de campo, não abro mão. Tenho todos os laudos. Não entendi porque a televisão levou o jogo para lá. Não vou jogar lá. Se a televisão não quiser passar, que não passe. Não sairemos de Madureira. Segunda-feira tem arbitral e eles têm de me convencer o contrário. Eu já falei com o presidente (Rubens Lopes) e ele concordou com meus argumentos. Por e-mail me passou que a questão era exigência da televisão. O jogo vai ser em Madureira – disparou.


Sem comentários