Prestes a parar, Deco constata: “O tempo não perdoa”

Prestes a parar, Deco constata: “O tempo não perdoa”

Deco, provavelmente, encerrará a carreira no fim do anp

Caso o Vasco opte por mandar o jogo contra o Fluminense no returno do Brasileiro longe do Maracanã, Deco participará pela última vez do clássico no estádio. O fim da carreira está próximo e, por isso, o luso-brasileiro espera aproveitar cada momento deste ano de 2013.

– Chega uma hora que você não consegue mais competir com a mesma força, com a mesma intensidade. Eu sempre fui muito competitivo, sou assim, quero ganhar e vencer. Tenho contrato com o Fluminense até o final do ano e o que me propus é aí parar. O tempo não perdoa. Enquanto em outras profissões o tempo vai passando e você é mais valorizado, no futebol acontece ao contrário. O tempo é curto. Então é meio nostálgico mesmo quando você pensa em parar – disse.