Fluminense já jogou em Moça Bonita neste Estadual (Foto: Divulgação - Procon)
Fluminense já jogou em Moça Bonita neste Estadual (Foto: Divulgação – Procon)

 

Em operação batizada “Olho no Lance”, o Procon autuou lanchonetes do Engenhão e pode interditar Moça Bonita, estádio já utilizado em jogos do Fluminense neste Campeonato Carioca, por irregularidades. Inclusive, a diretoria do Bangu tem 48 horas para resolver todos os problemas citados pelo órgão para evitar a interdição.

 

Confira o balanço da Operação De Olho no Lance:

 

Estádio Moça Bonita (Bangu) – ausência do livro de reclamações; ausência de banheiro adaptado para cadeirantes; não há um número de bebedouros suficiente para a lotação do estádio; determinado prazo de 48h para apresentação do certificado do CBMERJ na sede da autarquia sob pena de interdição do estádio.

 

Dans Cantina (Estádio Nilton Santos) – ausência do Livro de Reclamações e seis copos de mate (290ml) vencidos em 04/03/2015.

 

Kome Pastel (Estádio Nilton Santos) – ausência de exemplar do CDC, do cartaz do Disque 151 e do Livro de Reclamações.

 

Doguis (Estádio Nilton Santos) – possui o Livro de Reclamações, mas ele não está autenticado pelo Procon Estadual, como é ter determinado pela Lei Estadual n° 6.613/13.

 

Futebol Card (Estádio Nilton Santos) – ausência de exemplar do CDC, do cartaz do Disque 151 e do Livro de Reclamações.


Sem comentários