brasilA bola está com os clubes, CBF e Rede Globo. O presidente da Federação de Futebol da Bahia, Ednaldo Rodrigues, formalizou e enviou uma proposta para as agremiações, confederação nacional e a emissora para que o Campeonato Brasileiro volte a ser disputado no sistema mata-mata na parte final do torneio.

O formato prevê a participação de 24 equipes e que cada uma dispute 35 partidas. Seriam 23 jogos disputados por pontos corridos e 12 por mata-mata.

O projeto da federação baiana deve ser discutido pela comissão de clubes criada para avaliar a mudança de formato do Brasileiro. O presidente do Grêmio, por exemplo, propõe outro modelo de mata-mata.


Sem comentários