Ainda restam diversos reparos a serem feitos. Se em 2018, como o NETFLU havia antecipado, o sócio do Fluminense acompanhou de perto a interdição do Parque Aquático das Laranjeiras, justamente no início do verão, em dezembro de 2019, o espaço, fechado desde então para obras, tem a previsão de ser liberado antes do início do verão. Acreditava-se que neste mês mesmo os associados já poderiam usufruir, mas isso só ocorrerá mesmo em novembro.

Ainda na fase de testes, o Parque Aquático segue no processo final da reforma para poder ser reaberto, como mostram as fotos abaixo. A obra passa pela etapa de enchimento das piscinas, processo demorado devido ao volume de água. Os reparos foram acelerados pela atual gestão, objetivando atrair sócios que saíram e dar melhores condições aos atletas do clube, mas ainda faltam diversos reparos.

Embora novos sistemas de tratamento e filtragem tenham sido implementados, azulejos soltos estão aparentes, causando um contraste que chama a atenção. O Tricolor não divulga uma data definitiva para a utilização

Ainda em 2018, o NETFLU havia divulgado uma matéria alertando sobre os diversos problemas do Parque Aquático das Laranjeiras, onde muitos atletas e sócios se feriram. Um norte-americano, atleta de master da natação do Tricolor, levou mais de dez pontos no dedão de um dos pés, por exemplo, após se cortar dentro de uma das piscinas.

Fotos: