A parceria entre Fluminense e STK Samorin, da Eslováquia, chegou ao fim. O Tricolor não conseguiu parceiros para manter o projeto e, devido a crise financeira, decidiu encerrar o projeto. O diretor da base Marcelo Teixeira, um dos idealizadores do Flu Europa, admitiu que o Flu falhou no planejamento.

– O que posso dizer que quem falhou foi o Fluminense. O clube não tinha condição financeira de assumir certos compromissos – disse Marcelo Teixeira, que não avalia o projeto como um fracasso.

– É impossível avaliar dessa forma. Se você planejou diversos objetivos e planificou como alcançá-los, mas não teve dinheiro para tal… é impossível avaliar o projeto. Se tratava de um projeto de médio e longo prazo. Atualmente, temos treinador em Xerém formado na UEFA. Há titulares nos juniores com um ano de Europa. Isso só tem como ser avaliado ao longo dos anos – finalizou.