“Quem não pode beber em jogo é jogador”, diz deputado na Alerj

“Quem não pode beber em jogo é jogador”, diz deputado na Alerj

Deputados defendem a volta da venda de cerveja nos estádios
Deputados defendem a volta da venda de cerveja nos estádios

Retirada da pauta do dia por causa de emendas, a votação de projeto que libera a venda de cerveja nos estádios do Rio de Janeiro trouxe discussões acaloradas na última terça-feira, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Para o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), não faz sentido a proibição da compra da bebida e consumo nas partidas: “Em jogo de futebol, quem não pode beber é jogador. E falar em família? Que história é essa que a família não pode beber cerveja? Bebeu vai separar?”, disparou.

A maior parte dos políticos que tratou do tema se mostrou favorável à liberação.

– Essa proibição é manca, que não funciona na prática. Quem quer beber, bebe antes e entra no estádio em cima da hora. Por outro lado, as cervejarias são grandes patrocinadores e poderão ajudar os clubes de futebol se as marcas estiverem sendo vendidas – disse o deputado estadual Luiz Paulo (PSDB).


Sem comentários