Racismo: STJD quer mudança de código para punição com rigor

Racismo: STJD quer mudança de código para punição com rigor

FLAVOs atos racistas contra o volante Arouca, do Santos, e o árbitro Márcio Chagas foram debatidos por Flávio Zveiter. O presidente do STJD considera a prática abominável e quer uma punição mais rigorosa para quem o pratica nos estádios.

– O racismo é um ato que deve ser combatido na esfera criminal. Desportivamente, a pena mais grave para um clube é a perda de pontos. O código fala também em exclusão do time, mas a redação é subjetiva. É preciso que isso mude, para que haja punições rigorosas e rápidas. É preciso cortar o mal pela raiz – decreta Zeveiter.


Sem comentários