Preparador lembra que a Copa do Mundo é desgastante também psicologicamente (Foto: Photocamera)
Preparador lembra que a Copa do Mundo é desgastante também psicologicamente (Foto: Photocamera)

Fred não está garantido ainda, mas o pensamento no Fluminense é deixá-lo pronto para o jogo do próximo domingo, contra o Goiás, no Maracanã. Preparador físico do clube, Rodrigo Polleto conta que o trabalho de recuperação do atacante para estar em campo envolve também a parte mental.

Polleto contou que o camisa 9 não perdeu muito na parte física após o descanso de dez dias por ter disputado a Copa do Mundo, mas a parte psicológica também conta, em função da intensidade do torneio.

– Ele teve essa pausa que achamos importante. Não adiantava vir logo depois da Copa. Ele teve desgaste também mental. É uma competição desgastante. Ele teve desgaste mais mental até do que físico. Agora estamos trabalhando com ele. Não perdeu muito em condição de força, mas perdeu um pouco em relação a resistência à fadiga. Isso quer dizer que ele sente um pouco mais rápido. Precisamos deixá-lo pronto para aguentar 90 minutos. É isso que temos de trabalhar – disse.


Sem comentários