peterA situação financeira do Time de Guerreiros pode melhorar profundamente, no que tange os débitos fiscais, sobretudo com o fim das penhoras. Isso porque a cúpula tricolor se organiza para entrar no “Refis da crise”, programa de parcelamento das dívidas federais, e a reinclusão na Timemania.

Na última quarta-feira, o Senado aprovou a Medida Provisória n615, que abrange modificações ao programa instituído por lei. Segundo o portal Lancenet, umas das alterações, sugeridas pelo senador Francisco Dornelles, aliado do Flu em Brasília, é o dispositivo que permite a reinclusão dos clubes esportivos no parcelamento de débitos da Timemania.

– Estou aguardando, estudando, colocando a equipe para trabalhar a entrada no Refis. Como há diversos tipos de redução e aplicação, dá um trabalho grande para saber como pagar. É como um jogo de xadrez, para você poder alcançar a melhor eficiência possível nessa entrada – afirmou o presidente do Fluminense, Peter Siemsen.


Sem comentários