Reservas resolvem e Fluminense derrota o Bahia por 1 a 0

Reservas resolvem e Fluminense derrota o Bahia por 1 a 0

Biro Biro aproveitou rebote de Marcelo Lomba para dar a vitória ao Fluminense (Foto: Photocamera)
Biro Biro aproveitou rebote de Marcelo Lomba para dar a vitória ao Fluminense (Foto: Photocamera)

Depois de um primeiro tempo muito ruim, o Fluminense contou com a força de um trio (Felipe, Biro Biro e Rafael Sobis) que saiu do banco de reservas para vencer o Bahia por 1 a 0, neste sábado, no Maracanã. Biro Biro foi quem fez o gol da vitória. Com o resultado, o Tricolor foi a 22 pontos e deu uma respirada no Campeonato Brasileiro, afastando-se da zona de rebaixamento.

Quem foi ao Maracanã esperando um Fluminense igual ao de quarta-feira (contra o Atlético-MG), certamente, decepcionou-se logo de cara. A equipe voltou a mostrar apatia de partidas anteriores e não conseguia furar o bloqueio do Bahia. O adversário foi a campo basicamente para se defender e buscar os contra-ataques, mas, mesmo assim, conseguiu levar muito mais perigo. No início da partida, Fernandão aproveitou bobeada da defesa tricolor e, cara a cara com Cavalieri, bateu para fora desperdiçando chance claríssima.
Diante de um rival com postura para lá de defensiva, o lento meio de campo do Fluminense pouco fazia. Wágner, Willian e Edinho não acertavam passes. Rafinha era o mais lúcido. A solução que poderia aparecer eram os avanços dos laterais, mas tanto Bruno quanto Carlinhos também erravam passes e cruzamentos em demasia.

Em todo o primeiro tempo, o Bahia foi muito superior. William Barbio e Wallison obrigaram Cavalieri a fazer boas defesas. Já do outro lado, Marcelo Lomba só era exigido na hora de sair para cortar chuveirinhos sem grande perigo na área baiana.

O quadro começou a mudar no intervalo. Na volta para o segundo tempo, Luxemburgo sacou os pouco produtivos Willian e Marcos Júnior para as entradas de Felipe e Biro Biro, respectivamente. Tão logo a postura da equipe mudou da água para o vinho. Enquanto o meia dva dribles e tentava os passes enfiados, buscando deixar alguém de frente para o gol, o atacante incendiou a partida com velocidade e habilidade.

Já com o Fluminense melhor em campo, veio a tacada de mestre do treinador. Luxa ouviu ao apelo popular e lançou Rafael Sobis em campo no lugar de Samuel. E logo após saiu o gol com a participação dos três promovidos no decorrer do jogo. Felipe, após mais uma ótima jogada, sofreu falta e bateu rapidamente para Sobis. O atacante fez o arremate e, no rebote de Marcelo Lomba, Biro Biro empurrou para o barbante levando à loucura a galera que compareceu em bom número ao Maracanã.

Em vantagem, o Tricolor não deixou de jogar e seguiu buscando o segundo, com uma postura louvável. Já o Bahia teve de sair um pouco mais, mas a diferença de qualidade técnica entre as equipes era grande e o atual campeão brasileiro foi capaz de segurar o 1 a 0 no placar até o fim.