Rival do Flu por vaga na Liberta, Grêmio tem crise no elenco

Rival do Flu por vaga na Liberta, Grêmio tem crise no elenco

No Grupo 8 da Libertadores todos os times têm chances de se classificar para as oitavas de final. E, assim sendo, são todos concorrentes. E um dos adversários do Fluminense, o Grêmio, tem uma crise declarada no elenco. Artilheiro da equipe no ano passado, Marcelo Moreno foi afastado do time principal e, depois disso, tanto ele quanto seu pai falaram muito. Kleber Gladiador, também atacante, respondeu com veemência.

– Você nunca vai ver minha mulher, meu pai ou algum familiar meu ir para o Twitter ou na imprensa reclamar de ninguém. Se fizerem isso, teremos problemas em casa. Da minha família cuido eu. A postura dele foi um desrespeito ao elenco, ao treinador e ao próprio clube – disparou Kleber, que seguiu respondendo ao “desafio” feito pelo boliviano a algum outro jogador marcar 22 gols como ele no ano passado:

– Nem levamos isso (o desafio de Moreno) a sério. O Barcos fez 20 e tantos gols, eu fiz 15 no ano passado. Todos tentamos fazer o melhor. A gente reconhece o que ele fez. Ficamos felizes, só não gostamos das declarações. Não só pelos gols, mas falar que o Grêmio é “timinho”. O torcedor que pede ele tem que lembrar disso.

Com a língua afiada Kleber continuou com a sequência de críticas ao ex-companheiro de ataque titular.

– A postura dele, e do pai que é assessor dele, é algo que não cabe. Eu falo por mim e achei muito ruim. Ele fez 22 gols, mas tinha que ter alguém para sofrer o pênalti, dar o passe… Eu fiz 15 e passei quatro meses lesionado. O jogador que expõe todos assim nunca é legal. Mas somos funcionários do Grêmio. Não tenho que ter bom relacionamento com A ou B, mas trabalhar – soltou.