(Foto: Lucas Merçon - FFC)

A contratação de Rodolfo, mesmo com o Fluminense já tendo em seu elenco Júlio César, Marcos Felipe, Pedro Paulo e o recém-contratado Guillermo De Amores pode ter pegado muita gente de surpresa. Mas, segundo o site “Globo Esporte”, o ex-goleiro do Atlético-PR, ao lado de Agenor, do Sport, era um dos nomes preferidos pela comissão técnica para reforçar a equipe após a dispensa de Diego Cavalieri em virtude de seu alto salário. Desta forma, chega ao clube um passo à frente do uruguaio pedido pela torcida em campanha nas redes sociais.

De Amores foi visto como uma oportunidade de mercado. Por estar livre e receber um baixo salário no mercado, o goleiro ainda virou campanha dos tricolores nas redes sociais. Havia se destacado em jogo contra o Fluminense na Sul-Americana do ano passado. Mesmo assim, a busca pelos nomes favoritos não acabou.

No Fluminense, ainda de acordo com a publicação do portal, há confiança no nível de Júlio César, mas a contratação de outro goleiro servia para ele não cair numa “zona de conforto”. Desta forma, Rodolfo, emprestado por um ano pelo Oeste-SP, chega como principal ameaça.

Por conta das duas contratações, Pedro Paulo, de 19 anos, voltou ao time sub-20.