(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O Fluminense, segundo revelou o presidente Mário Bittencourt, poderá receber até três reforços na sequência da temporada. Setor volta e meia criticado pela torcida, a lateral esquerda, segundo Roger Machado, não é prioridade. O técnico citou Jefté como mais uma opção caseira para encorpar a posição.

— Nesse momento a gente não definiu quais posições a gente precisa buscar. Nós temos algumas importantes definições, mas a lateral esquerda, neste momento, não é pauta, até porque nós temos o Jefté, que é um jogador da casa, que está surgindo, que a gente está olhando com muito carinho. Não desejamos neste momento trancar a ascensão de mais um jogador importante dentro do clube – disse.

Egídio tem sido o titular no Fluminense. Na derrota de 1 a 0 para o Atlético-GO, quarta, no Antônio Accioly, Danilo Barcelos entrou. A opção foi por poupar o então dono da posição em virtude da sequência de jogos, assim como ocorreu com o atacante Caio Paulista.