Roger falou que procurou oportunizar Wellington, mas André também é opção (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Depois da derrota do Fluminense por 1 a 0 para o Grêmio, neste sábado, no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, Roger Machado explicou por que entrou com Wellington no meio de campo e não André, sua opção para o lugar de Martinelli na partida frente ao Cerro Porteño, na última terça (quando o titular estava suspenso). O técnico contou que avalia todas as peças e procura dar oportunidades.

— A opção pelo Wellington foi oportunizar de novamente estar em campo. André foi opção contra o Cerro, é opção para mim, mas também faço a gestão do grupo e preciso estar atento a outros detalhes para levar os jogadores para campo por isso também foi opção – disse.

Passado o revés pelo Brasileirão, o Fluminense agora volta suas opções para o duelo frente ao Cerro, terça, no Maracanã, pela volta das oitavas de final da Copa Libertadores. O Tricolor venceu a ida, no Paraguai, por 2 a 0, e pode até perder por um gol de diferença para avançar na competição internacional.