(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Uma ação de apoio ao movimento LGBT, no último domingo, na partida contra o Corinthians, deixou os números na camisa e a braçadeira de capitão nas cores do arco-íris, mesmas da bandeira do movimento.

Em entrevista, o técnico Roger Machado destacou a ação e reforçou seu apoio na luta contra qualquer tipo de preconceito, seja ele racial ou de opção sexual.

– Meu ex-clube, o Bahia, sempre foi muito engajado nessas lutas também. Eu apoio toda luta que visa acabar com o preconceito e discriminação. Viva a diversidade e a diferença – disse o treinador.