Roger Machado aponta como característica do Flamengo fazer pressão inicial (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Sem mais rodízios, pelo menos por enquanto. O Fluminense encarou o líder do campeonato e não saiu satisfeito com a derrota por 1 a 0, na última noite. Apesar de ter criado boas chances de abrir o placar, o Tricolor não conseguiu estufar as redes.

Depois do duelo, em entrevista coletiva, o técnico tricolor, Roger Machado, comentou sobre a utilização de força máxima nos próximos jogos.

– A ideia é irmos com força máxima sempre que possível a partir de agora. Tivemos uma janela até o último jogo da classificação contra o River mais o jogo do São Paulo, que foi o primeiro do Brasileiro, em que fizemos 12 jogos na sequência e que depois tivemos uma queda de rendimento porque, emocionalmente, havíamos conquistado aqueles objetivos imediatos, e voltamos de novo a uma sequência forte. Fim desse mês e de agosto são decisivos em nossas aspirações nas competições. São semanas eliminatórias, se encerra o 1º turno do Brasileiro, e vai determinar tudo o que se desenrolar daqui para frente. A partir de agora, a ideia inicial é que a gente vá com força máxima, para pegar essa janela forte, começando pelo jogo de hoje, até o fim do mês que vem.