Foto: Lucas Merçon - FFC

Em entrevista à FluTV, Roger Machado relembrou os momentos em que disputou a Copa Libertadores da América pela primeira e única vez coma a camisa do Fluminense. O ex-lateral e zagueiro se mostra motivado para ajudar ao clube alcançar a grande obsessão da instituição e torcedores.

– Eu venci minha primeira Libertadores que joguei e achei que iria embalar umas cinco competições (risos). E eu vim disputar uma final de Libertadores novamente em 2008, 13 anos depois. O jogo contra o São Paulo perto do final que nos deu a classificação para a outra frase tenho uma memória viva do jogo contra o Boca, em Avellaneda porque entrei em campo, então a memória fica um pouco mais viva. O jogo de ida da final na altitude de Quito e, sem dúvida, o jogo da volta que se o regulamento tivesse permanecido como o do ano anterior o resultado seria suficiente para que a gente fosse campeão. As memórias estão muito vivas. Isso tudo entra na construção, entra na energia e colocamos tudo isso na personalidade do nosso trabalho em função das nossas vivências. E isso é muito vivo para mim ainda hoje – comentou.

Roger vestiu a camisa do Fluminense entre 2006 e 2008. Disputou 123 partidas, sendo 107 como titular e marcou dez gols, o mais importante deles em 2007, na finalíssima da Copa do Brasil, que deu o título inédito para o clube.