Marrony já está no Rio para assinar com o Fluminense (Foto: Pedro Souza - CAM)

Na última quinta-feira, o Fluminense avançou nas negociações e está perto de encerrar a novela Marrony. Depois de se acertar com o jogador e tentar em vão uma liberação sem custos junto ao Midtjylland, da Dinamarca, o Tricolor aceitou pagar para ter o atacante, ex-Vasco e Atlético-MG, por empréstimo de um ano. O clube ofereceu € 300 mil euros (R$ 1,6 milhões) de forma parcelada, ao longo do período do contrato, e agora aguarda um “ok” oficial dos dinamarqueses para fechar negócio.

Na última quinta-feira, o Fluminense avançou nas negociações e está perto de encerrar a novela Marrony. Depois de se acertar com o jogador e tentar em vão uma liberação sem custos junto ao Midtjylland, da Dinamarca, o Tricolor aceitou pagar para ter o atacante, ex-Vasco e Atlético-MG, por empréstimo de um ano. O clube ofereceu € 300 mil euros (R$ 1,6 milhões) de forma parcelada, ao longo do período do contrato, e agora aguarda um “ok” oficial dos dinamarqueses para fechar negócio.

Marrony começou sua trajetória no Vasco, em 2015, aos 16 anos. Antes disso, teve uma rápida passagem pelo Cruzeiro. Era jovem, estava longe da família e de sua cidade, Volta Redonda. Acabou não se adaptando e retornou ao Rio de Janeiro, mas para a capital, e foi em São Januário onde completou toda a formação e se profissionalizou.


Na base vascaína, Marrony teve grande destaque em 2018. A profissionalização veio no segundo semestre do mesmo ano. Apareceu bem, marcou o primeiro gol em seu quinto jogo, contra o Bahia, atuando como centroavante.

A polivalência do jogador foi um dos atributos que chamou atenção do Atlético-MG. O atacante foi um pedido de Sampaoli, mas já estava na mira do Galo desde 2019. No total, Marrony fez 84 partidas e 11 gols com a camisa do Vasco – neste período jogou ao lado de Cano, hoje no Fluminense – e 63 jogos e 10 gols pelo Galo.