(Foto: Divulgação)

No primeiro mês de vendas, o serviço de pay-per-view do Campeonato Carioca, criado pela agência Sportsview, vendeu 90 mil assinaturas, incluindo as TVs por assinatura e as plataformas dos próprios clubes. A informação é do blog do Gabriel Vaquer, no site Uol. O número é considerado bom para o início de projeto. A média dos pacotes giram em torno de R$ 49,90 por mês.

Ainda de acordo com o blog, o público “migrou” do Premiere da Globo para o serviço do Estadual. Os clubes cariocas já arrecadaram R$ 4,4 milhões em um mês. A maior parte vai para Fluminense, Flamengo, Vasco e Botafogo (a coluna não especificou quanto cada um dos grandes recebeu).

Outro fato comemorado pela equipe da Sportsview é que a qualidade da transmissão tem recebido elogios por parte dos consumidores. Existe a expectativa que em abril acontece um aumento nas vendas.

— Os resultados estão acontecendo, os números crescem cada dia e o Cariocão passa a ser uma referência para os clubes e instituições do país na questão de direitos de transmissão. A revolução que iniciamos é o presente e o futuro na gestão de conteúdos de futebol no Brasil. Estamos muito felizes com o sistema de PPV adotado no Cariocão. Ele é amplo, tecnológico e democrático. O torcedor tem a opção de assinar com as operadoras de TV e/ou diretamente com as TVs dos clubes. É uma revolução no segmento em todos os sentidos: na amplitude da distribuição e na transparência dos números para os torcedores. O torcedor hoje sabe que, assinando o PPV do Cariocão, o clube dele receberá mais do que recebia no passado (atualmente 65% do valor pago pelo assinante após impostos é repassado ao clube, contra 44% no modelo anterior), valendo notar ainda que reduzimos para o consumidor final o valor da assinatura (hoje ele paga R$ 49,90 por mês contra R$ 79,90) – disse Marcelo Campos Pinto, executivo da Sportsview.