Mário esteve na festa de 10 anos do NETFLU em dezembro de 2018

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt concedeu longa entrevista coletiva nesta sexta-feira para explanações de dois anos de sua gestão. Abriu para perguntas e na última, se irritou. Criticou a matéria publicada pelo NETFLU sobre o salário de Abel Hernández no Fluminense, o mesmo que ganhava no Internacional, segundo o próprio mandatário tricolor.

Mário disse que os valores divulgados eram mentirosos. No entanto, o NETFLU obteve com exclusividade o contrato do uruguaio no Internacional que comprova o salário de R$ 455.154,27 (ver abaixo). No Inter, Abel também recebia imagem, que, totalizando, representava algo próximo a R$ 700 mil.

No Fluminense, o centroavante de 30 anos, vice-artilheiro na temporada com seis gols, não recebe imagem, de acordo com Mário Bittencourt. Portanto, contabilizando apenas o salário, o valor de mais de R$ 455 mil (conforme publicado pelo site na quinta-feira) é um dos maiores do elenco, similar aos de Fred, Ganso e Nenê.