Samuel Xavier chegou a procurar hospital por ter sentido fortes sintomas do coronavírus (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Titular na vitória do Fluminense por 3 a 1 sobre o River Plate, terça, na Argentina, Samuel Xavier passou por um momento conturbado perto da sua apresentação ao Tricolor. O lateral-direito contraiu o coronavírus e sentiu fortemente os sintomas.

Segundo o jogador, toda a sua família pegou Covid-19.

— Foi o período mais difícil da minha vida. Assim que chego no Rio, uma expectativa enorme, faltavam 3 ou 4 dias para minha apresentação, minha esposa começa a se sentir mal. Eu também comecei a ter febre, fiz o teste e deu positivo. As crianças também. Passamos um período muito difícil. Estávamos nós quatro sozinhos. Tivemos que nos isolar. Comecei a ter uns sintomas muito fortes, minha esposa também – disse à Rádio Globo, complementando:

— Até então eu estava com muita dor no corpo, febre, dor de cabeça. O mais difícil para mim foi quando eu comecei a ter falta de ar. Esse foi o momento mais difícil. Vem no seu psicológico. Você tenta respirar e não vem o ar. Não aguentei, tive que ir para o hospital, fui à emergência. Mas, graças a Deus a minha saturação estava boa, isso é o mais importante, aí voltei para casa e passes esses dez, onze dias bem complicados.