Daniel Alves negociou, mas não fechou com o Fluminense (Foto: Lucas Figueiredo - CBF)

O técnico Tite convocou, na manhã desta sexta-feira, a seleção brasileira para os próximos três jogos das Eliminatórias (Venezuela, dia 7 de outubro; Colômbia, 10; e Uruguai, 14). E quem esteve na última, mas ficou fora dessa foi Daniel Alves, lateral-direito que negociou com o Fluminense, mas não chegou a um acerto.

Daniel Alves está sem clube desde que deixou o São Paulo. Tal fato, pode ter pesado na decisão do treinador da seleção. Tite até falou sobre o atleta.

— Na última convocação, conversamos com ele particularmente e colocamos os aspectos que o remetem à seleção. Eu tive um contato com o Dani por mensagem, não vou dizer o que é porque não me sinto no direito, mas é uma torcida para que ele encontre o seu melhor caminho, mostrar o quanto ele é importante não só na seleção, mas para o futebol brasileiro.Tem um respeito muito grande, e tem a concorrência dos outros todos que é igual. Nós estamos torcendo para que ele tenha luz e que encontre o seu caminho, e que volte a competir juntamente com Danilo, Emerson, Gabriel Menino, Fagner, Vanderson… – comentou.

Ex-tricolor, o zagueiro Thiago Silva, do Chelsea, foi convocado. Confira a convocação completa:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras)
Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Émerson (Tottenham) e Guilherme Arana (Atlético-MG)
Zagueiros: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Lucas Veríssimo (Benfica)
Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Edenilson (Internacional) Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Gerson (Olympique de Marselha), Lucas Paquetá (Lyon) e Everton Ribeiro (Flamengo)
Atacantes: Antony (Ajax), Matheus Cunha (Atlético de Madrid), Raphinha (Leeds), Vinicius Júnior (Real Madrid), Neymar (Paris Saint-Germain), Gabriel Jesus (Manchester City), Gabriel (Flamengo)