Sem salto alto: Ex-atacante Lula relembra zebra venezuelana

Sem salto alto: Ex-atacante Lula relembra zebra venezuelana

 

Em 1971, Fluminense não passou da primeira fase da Libertadores

O Fluminense depende apenas de si para avançar às oitavas de final da Copa Libertadores. Uma vitória simples ou empate dá a vaga ao Tricolor, que costuma não ter vida difícil contra venezuelanos. Mas em 1971, no único revés para um time do país vizinho, o clube carioca deixou escapar uma chance de ouro. Lula, atacante daquela equipe, relembra:

– Houve um corpo mole. O time venezuelano era muito ruim. Se colocássemos os juniores em campo ganharíamos fácil. Aquilo foi até surpreendente e custou a classificação.

Lula fala do jogo contra o Deportivo Itália. Na Venezuela, o Fluminense venceu por 6 a 0. Mas no Rio de Janeiro perdeu por 1 a 0.

Na fase de grupos da Libertadores daquele ano, o Tricolor fechou com quatro vitórias e duas derrotas, o que não foi suficiente para se classificar. Apenas o primeiro colocado avançava, naquela ocasião, o Palmeiras.