Site conta os bastidores da aposentadoria de Deco no Flu

Site conta os bastidores da aposentadoria de Deco no Flu

Deco andava isolado e dificilmente participava de atividades com outros jogadores (Foto: Photocamera)
Deco andava isolado e dificilmente participava de atividades com outros jogadores (Foto: Photocamera)

Depois de sofrer mais uma lesão, Deco resolveu se aposentar e deixar os gramados. Via SMS, o apoiador, já de fora do país, comunicou a decisão ao vice de futebol do Fluminense Sandro Lima sem a chance de qualquer reunião ou persuasão para uma mudança de ideia. Seu empresário e amigo Luizão e familiares já sabiam da aposentadoria, informa o site Uol.

Seus últimos momentos no clube foram, inclusive, em tom de tristeza, isolamento e participação em novos trabalhos já de dentro da concentração. Por contrato, Deco tinha direito a quarto exclusivo, sem necessidade de dividi-lo com outro jogador. Só ele e Fred possuem tamanha regalia no elenco. Ele quase sempre ignorava noites de pôquer, sinuca ou filmes com os demais companheiros. Estava sempre com dois notebooks e celulares pelos hotéis já se dedicando a negócios fora do futebol.

Negócios esses incluem  a sociedade em uma empresa de mídias digitais, uma incorporadora imobiliária e participações em um colégio particular e um desenvolvedor de software. Funcionários acreditam que ele já havia perdido o interesse pela rotina do futebol.

No clube, o reservado Deco tinha maior afinidade com os jovens jogadores. Wellington Nem era um deles. Com Fred, líder do elenco, a relação era de respeito mútuo, mas sem muita intimidade