O jornalista Rodrigo Mattos, em seu blog no site “Uol”, divulgou quanto cada clube tem a receber pela cota de Pay Per View do último Campeonato Brasileiro. Como já era de se esperar, o Flamengo levou a maior fatia, com R$ 122,9 milhões. O Fluminense é o 11º da lista, com R$ 24,7 milhões.

A divisão de TV do último Brasileiro levou em conta três fatores: uma cota igual para todos os participantes, exibição e posição. No PPV, porém, vale o cadastro de assinantes. Quatro clubes tinham direito a valores mínimos. Casos de Flamengo, Corinthians, Palmeiras e Grêmio.

Confira abaixo quanto cada um teve como percentual de cadastrados e a fatia a que tiveram direito:

1º Flamengo 18,9% – R$ 122,9 milhões (garantia de R$ 120 milhões)

2º Corinthians 12,2% – R$ 120 milhões (mínimo garantido) – ganharia R$ 79,3 milhões pelo percentual

São Paulo 9,09% – R$ 59 milhões

4º Palmeiras 8% * – quase R$ 80 milhões (garantia mínima) – ganharia R$ 52 milhões pelo percentual

Vasco 7,4% – R$ 48,1 milhões

6º Grêmio 7,08% – R$ 46 milhões

Cruzeiro 6,3% – R$ 40,9 milhões

8º Atlético-MG 4,84% – R$ 31,5 milhões

Internacional 4,7% – R$ 30,55 milhões

10º Santos 3,9% – R$ 25,35 milhões

11º Fluminense 3,8% – R$ 24,7 milhões

12º Botafogo 3,55% – R$ 23 milhões

13º Bahia 2% – R$ 13 milhões

14º Avaí 0,29% – R$ 1,9 milhão

15º Chapecoense 0,25% – R$ 1,6 milhão

16º Goiás 0,19% – R$ 1,2 milhão

*Não consta da tabela o número do Palmeiras, o percentual foi apurado posteriormente e é aproximado sem precisão de casa decimais