Pegando carona na estreia de Ronaldinho Gaúcho, o site Globoesporte.com fez uma viagem no tempo e relembrou o primeiro jogo de sete estrelas do futebol mundial pelo Fluminense. Começando por Rivellino e terminando em R10, o portal destaca como foi a estreia dos craques. Confira:

 

rivellinoRIVELLINO

Após perder o título do Paulistão de 1974 para o Palmeiras, Rivellino foi eleito um dos culpados pelo fracasso do Corinthians. Sem clima no Parque São Jorge, Francisco Horta, presidente do Flu na época, contratou o craque. Sua estreia foi em um sábado de carnaval, dia 8 de fevereiro de 1975. O adversário era justamente o Corinthians. Para um público de mais de 40 mil pessoas, Riva fez três gols e o Tricolor venceu por 4 a 1.

 

PCPAULO CÉZAR CAJU

Quatro meses depois de ver Rivellino brilhar no Maracanã, a torcida do Flu ganhou mais um presente. Paulo Cézar Caju, campeão com a Seleção na Copa de 70 e multicampeão por Botafogo e Flamengo, foi repatriado do Olympique de Marselha. A estreia aconteceu contra o Bayern de Munique, que acabara de se tornar bicampeão da Copa Europeia, atual Liga dos Campeões da Europa. O time ainda era a base da seleção alemã que conquistou a Copa do Mundo no ano anterior. O Fluminense venceu por 1 a 0, com gol contra de Gerd Müller, artilheiro das Copas até ser superado por Ronaldo, em 2006. O público é estimado em mais de 100 mil pessoas no Maracanã.

 

ROMERITOROMERITO

Quando Romerito chegou ao Fluminense ainda não tinha fama internacional comparável as de Rivellino ou PC Caju. Ele vinha do Cosmos, dos Estados Unidos, numa segunda geração de grandes jogadores que passou pelo clube após Pelé, no fim da década de 70. Foi amor à primeira vista, com a torcida indo buscar o reforço no aeroporto e colocando em seus ombros sob uma chuva de pó de arroz. Seu primeiro jogo foi contra um combinado do Cerro Porteño e do Sol de América, ambos do Paraguai, país onde Don Romero nasceu. O Flu venceu por 1 a 0, com gol de seu novo ídolo.

 

ROMARIOROMÁRIO

A primeira grande contratação feita pela antiga patrocinadora do Fluminense foi Romário. Presente de Celso Barros para a torcida tricolor no ano do centenário do clube. Campeão da Copa do Mundo de 1994, com passagens por Barcelona, PSV e Valencia. O Baixinho era unanimidade quando o assunto era “grandes artilheiros do futebol mundial”. Na estreia, o adversário foi o Cruzeiro na abertura do Brasileirão de 2002. Goleada por 5 a 1, com dois gols do dono da festa que contou com mais de 70 mil presentes.

 

EDMUNEDMUNDO

O ano de 2004 foi apontado como possível fim de carreira para Romário. Celso Barros quis, então, lhe dar um time forte para disputar títulos. O Flu contratou Léo Moura, Ramon, Roger e Edmundo. O ex-jogador do Vasco estreou pelo Tricolor em uma partida contra o Madureira, pelo Campeonato Carioca. O atacante começou sua curta passagem fazendo o gol da vitória por 2 a 1 para um público de mais de 46 mil pessoas.

 

fredFRED

Começou sua passagem pelo Fluminense em 15 de março de 2009. O adversário era o Macaé, pelo Campeonato Carioca. Além de títulos e gols pelo Lyon e a participação na Copa do Mundo de 2006, o atacante chegava com uma marca: sempre fez gols em suas estreias. Dessa vez não foi diferente e Fred marcou duas vezes, garantindo a vitória, de virada, por 3 a 1. Mais de 25 mil pessoas estiveram presentes.

 

decoDECO

Deco foi a última grande estrela do futebol mundial que o Fluminense contratou. Vindo do Chelsea, ele tinha em seu currículo títulos da Liga dos Campeões, Mundial de Clubes e participações nas Copas de 2006 e 2010 com a seleção de Portugal. Sua estreia aconteceu para mais de 80 mil pessoas no clássico contra o Vasco, no Campeonato Brasileiro de 2010, que o Tricolor conquistou. Ele entrou no segundo tempo e perdeu um gol impressionante. O placar terminou 2 a 2.


Sem comentários