Site revela quais são os problemas pessoais alegados por Walter

Site revela quais são os problemas pessoais alegados por Walter

Walter está há sete meses sem receber da Unimed e brigado com agente (Foto: Bruno Haddad - Fluminense FC)
Walter está há sete meses sem receber da Unimed e brigado com agente (Foto: Bruno Haddad – Fluminense FC)

Depois de abandonar treino do Fluminense na terça, Walter se reuniu nesta quarta-feira com a diretoria e alegou estar sem cabeça para treinar e jogar por conta de problemas pessoais. O clube não vai expor quais são estes problemas, mas o site Lancenet, em reportagem, desvenda o mistério.

Segundo o portal, o grande problema de Walter começa no rompimento verbal com seu empresário, Théo Constantin. A relação entre ambos começou a ficar ruim por conta de questões econômicas e se agravou recentemente.

Em março, aconteceu o início do problema entre Walter e o agente por conta de um crédito do jogador com o Porto, de Portugal, clube detentor de seus direitos, de um valor superior a um milhão de euros (R$ 3,4 milhões). O atacante rompeu verbalmente com Théo, que, no entanto, segue respondendo por ele por conta do vínculo contratual.

Walter, por sua vez, contratou os serviços da advogada Natashy Vainstok para tratar da questão.

Soma-se a isso o fato do camisa 18 estar há sete meses sem receber os direitos de imagem da antiga patrocinadora Unimed. Essa parte equivale a 70% dos R$ 250 mil embolsados por Walter e que deveriam ser pagos à empresa do empresário. Atualmente, o atacante só tem recebido os 30% arcados pelo clube. O agente está fora do país e pensou enviar seu irmão, conhecido por Tavinho, para tratar com o jogador. O atleta, no entanto, conduziu a situação com a diretoria sozinho.


Sem comentários