(Foto: Divulgação Conmebol)

Com o adiamento da partida entre Independiente del Valle e Grêmio, válida pela 3ª fase da Pré-Libertadores, a Conmebol está temerosa que novas partidas envolvendo clubes brasileiros na Copa Libertadores tenham que ser adiadas em virtude da situação da pandemia no país. O duelo entre brasileiros e equatorianos foi vetado pelo governo equatoriano após dois atletas gremistas terem testado positivo para a doença.

O governo equatoriano proibiu a delegação do Grêmio de deixar o hotel para treinar, avisou que toda a delegação deveria entrar em quarentena e que a partida não ocorreria na quarta. O fato irritou a Conmebol, já que o protocolo aprovado pelo governo dos dez países dizia que em caso de times visitantes com jogadores infectados, apenas os atletas doentes seriam isolados e os negativos estariam liberados para atuar.

A preocupação da entidade sul-americana é que essa atitude volte a acontecer com outros clubes. A fases de grupos do torneio começa na semana dos dias 20, 21 e 22 de abril e os grupos serão conhecidos em sorteio no próximo dia 09 de abril.